segunda-feira, 28 de março de 2011

LISTA DO PAS

Visão 1944 e Mãos dadas, de Carlos Drummond de Andrade; A hora e a vez de Augusto Matraga e A terceira margem do rio, de João Guimarães Rosa; Felicidade clandestina e O ovo e a galinha, de Clarice Lispector; O operário em construção, de Vinícius de Moraes. São Bernardo, de Graciliano Ramos, Poema O analfabeto político, de Bertold Brecht. Texto Zwkrshjistão em http://acepipesescritos.blogspot.com/search/label/zwkrshjist%C3%A3o; Almanaque Brasil socioambiental 2008 Constituição Federal – Título II, capítulo IV, artigos 14 a 17; e Título IV, capítulo I,seções I a IV, artigos 44 a 56. Filmes: Nós que aqui estamos por vós esperamos, de Marcelo Masagão; Estamira, de Marcos Prado; Encontro com Milton Santos, de Sílvio Tendler; Crepúsculo dos Ídolos - A Filosofia a Golpes de Martelo, Friedrich Nietzsche; Porque não sou cristão de Bertrand Russel Artigos científicos como os da Revista Fapesp publicados na edição especial Revolução Genômica, (jun./jul. 2008) sobre Jan Hoeijmakers e Rob DeSalle e o Dossiê Darwin, da revista Darcy (número 1) Obras de arte O manto da apresentação, de Arthur Bispo do Rosário; Túmulo de Lydia Piza de Rangel Moreira, no Cemitério da Consolação, de Celso Antonio Mural da Igrejinha (Brasília – DF), de Luis Galeno; Deuses de um novo mundo, de José Clemente Orozco; Painel Guerra e Paz, de Cândido Portinari; Guernica, de PabIo Picasso; Império do efêmero, de René Magrite; A criança geopolítica observando o nascimento de um novo mundo, de Salvador Dalí Talheres, Arthur Bispo do Rosário, Inserções em circuitos ideológicos, Cildo Meireles; Aranha, Louise Bourgeois, Roda de Bicicleta e Nu descendo a escada, Marcel Duchamp, O grito, de Edward Münch, Abaporu e O pescador, de Tarsila do Amaral, Improvisação número 23, de Kandinsky, Cisnes refletindo elefantes, de Salvador Dalí, A noiva do vento, de Oscar Kokoschka, Lesartes, de Tunga Parangolés, de Hélio Oiticica Terno de feltro, de Josef Beuys, Mona Lisa, de Botero; A série Body Builders, de Alex Fleming; Marlene Dietrich, de Vick Muniz, Peça: Campeões do mundo, de Dias Gomes ; Acessar o endereço: http://www.cespe.unb.br/pas/Matriz_Avaliac_3a_etapa_2009-2011.pdf

quinta-feira, 24 de março de 2011

Pré-Modernismo

Aqui estão várias questões referentes ao Pré -Modernismo.Estudem para a prova.
1- Faça uma análise do importante movimento messiânico ocorrido no Brasil no início da República e que se relaciona a uma obra do Pré-Modernismo. Explique a que se refere a obra e sua ligação com o povoado no interior da Bahia.
2- Quem escreveu “Os Sertões”?Como se divide a obra?Explique cada uma das partes.
3- Comente o desfecho do fato histórico a que a obra “Os Sertões” se refere?
4- Explique a seguinte afirmação: “O Pré-Modernismo foi uma fase de transição surgida no início do século XX.”
5- Cite e explique as duas novidades essenciais observadas nas obras pré-modernistas, as quais seriam reafirmadas pelos modernistas na década de 20.
6- Explique o papel das Vanguardas Europeias, relacionando-o ao desenvolvimento do Pré-Modernismo e servindo de base para a consolidação do Modernismo brasileiro.
7- Que autor pré-modernista se destacou nas obras de cunho regionalista?Cite uma obra regionalista desse período e faça uma análise da mesma.
8- Pode-se afirmar que o regionalismo tratado no Pré-Modernismo foi desenvolvido nos mesmos moldes do regionalismo romântico?Justifique sua resposta.
9- Houve um autor pré-modernista que defendia o modo de “escrever brasileiro” e que retratava a realidade dos subúrbios cariocas. Quem era esse autor? Em que consistia tal modo de escrever?
10- Que poeta se destacou no Pré-Modernismo?Comente o tipo de poética como a linguagem e os temas recorrentes explorados pelo autor.

sexta-feira, 11 de março de 2011

Exercícios-Romantismo

Responda às questões abaixo:
a) O movimento romântico vai coincidir com os ideais de liberdade .Que fato histórico servirá de inspiração para os autores românticos e as propostas defendidas por eles?
b) Na primeira geração romântica que herói nacional será evidenciado nos textos?Justifique sua resposta.
c) Por que a primeira geração tem como tema essencial o nacionalismo?Justifique.
d) Qual a importância de Gonçalves de Magalhães e Gonçalves Dias para o Romantismo brasileiro?
e) Ao escrever I- Juca Pirama, Gonçalves Dias procura mostrar que espécie de cultura?
Resuma o poema analisado na sala.
f)Qual o significado da expressão I- Juca Pirama?
g)Que outros tipos de poemas foram escritos por Gonçalves Dias?
h) Explique o mito do "bom selvagem" de Rosseau que se apresenta nos textos românticos brasileiros.
i) Quais as características da segunda geração romântica?
j) Que autores mais se destacaram?
k) Quais os temas mais explorados nessa geração?
l) Por que se diz que a terceira geração romântica é chamada de condoreira?
m) Qual a grande diferença entre a terceira geração e a primeira geração romântica?
n) Elabore um quadro com as caracteríticas e os autores das três gerações na poesia.

Gerações Românticas









1ª Geração : Nacionalista( Gonçalves de Magalhães e Gonçalves Dias)
2ª Geração: Ultra -romântica( Álvares de Azevedo, Junqueira Freire , Casemiro de Abreu)
3ª Geração: Social e Condoreira( Castro Alves)

• Poesia: Gonçalves Dias, Álvares de Azevedo, Casimiro de Abreu, Junqueira Freire, Fagundes Varela, Castro Alves, Sousândrade.
• Prosa: Joaquim Manuel de Macedo, Manuel Antônio de Almeida, José de Alencar.

O Romantismo proclama a liberdade de criação e de expressão.
São características do Romantismo: • Liberdade de criação e de expressão • Nacionalismo • Historicismo • Medievalismo • Tradições populares • Individualismo, egocentrismo • Pessimismo • Escapismo • Crítica social

Veja algumas tendências e seus principais temas:
* Nacionalismo, historicismo e medievalismo: Exaltação dos valores e os heróis nacionais, ambientando seu passado histórico, principalmente o período medieval.
* Valorização das fontes populares – o folclore: Os autores buscavam inspiração nas narrativas orais e nas canções populares, manifestação do nacionalismo romântico.
* Confessionalismo: Os sentimentos pessoais do autor em dado momento de sua vida são expressos nas obras.
* Pessimismo: A melancolia do poeta inglês Lord Byron se faz presente em todas as literaturas, portanto há a presença do individualismo e do egocentrismo adquirem traços doentios de adaptação. O “mal do século” ou tédio de viver conduz: - ambiente exótico ou passado misterioso. - narrativas fantásticas (envolvendo o sobrenatural) - morte (como última solução)
* Crítica Social: O Romantismo pode assumir um caráter combativo de oposição e crítica social, observamos sua ocorrência na sua última fase.

As gerações românticas
Há uma nítida evolução através de três gerações de autores, cada geração é marcada por certos traços e temas.
* Primeira geração :Os primeiros autores conservavam características clássicas (apego às regras da produção literária). Principais temas: Em Portugal - nacionalismo - romance histórico - medievalismo No Brasil - indianismo
* Segunda geração :Período do Ultra-Romantismo: exagero pelo subjetivismo e emocionalismo (o tédio, devaneio, sonho, desejo da morte estão sempre presentes)
* Terceira geração :Essa fase antecipa características da Escola Realista, que substituirá o Romantismo. O subjetivismo e o emocionalismo cederão lugar para uma literatura de tom exaltado, baseada nos grandes debates sociais e políticos da época.
Por Marina Cabral
Equipe Brasil Escola

Classes Gramaticais -2ª ano



Revisão

São 10(dez) as classes gramaticais: seis variáveis e quatro invariáveis.

Variáveis : artigo, adjetivo/locução adjetiva, substantivo,pronome, numeral e verbo

Invariáveis: advérbio/locução adverbial, interjeição, conjunção e preposição



Exercícios Dê a classe gramatical dos vocábulos destacados nas frases abaixo :


a) Após maior terremoto do Japão, tsunami devasta parte do nordeste do país; mortos podem passar de 300 (11/03/2011) Do UOL Notícias* Em São Paulo O terremoto de 8,8 pontos na Escala Richter que atingiu o Japão nesta sexta-feira (11), segundo a Agência de Gerenciamento de Desastres e Incêndio, é considerado um dos maiores da história do país. Pelo menos 337 pessoas morreram e 531 estão desaparecidas, segundo novo balanço a polícia. Segundo a agência de notícias Kyodo, o número de mortos pode chegar 1.000. O Ministério da Defesa do país informou que 1.800 casas foram destruídas na localidade de Fukushima, de acordo com a Kyodo.


b) O terremoto gerou um tsunami que invadiu cidades da costa leste do Japão com ondas de até 10 metros que arrastaram barcos de pesca e outras embarcações pelas cidades. Vários veículos e casas ficaram submersos.


c) Ondas gigantes viajaram pelo Pacífico a uma velocidade de cerca de 800 km/h, antes de atingir a costa do Japão. O epicentro do terremoto foi no oceano Pacífico, a 400 km de Tóquio, a uma profundidade de 32 km. Os primeiros tremores foram identificados às 14h46 (2h46, horário de Brasília).


d) As comunicações no Japão estão prejudicadas. Os celulares estão funcionando com limitações e a telefonia fixa, em Tóquio, com alguma irregularidade. O metrô da capital japonesa foi paralisado, os carros detidos nas estradas, os aeroportos foram fechados e os prédios foram evacuados entre sons das sirenes e chamadas à evacuação.

quarta-feira, 9 de março de 2011

Orações Subordinadas Substantivas

Alunos, como combinei,postei alguns exercícios do assunto já explicado nas aulas.São atividades retiradas de um site do Prof.Antônio Jackson de Souza Brandão.Se tiverem dúvidas,podem postá-las.

1. Permute o substantivo grifado por uma oração substantiva, segundo o modelo que segue.
Tínhamos interesse na sua colaboração.
Tínhamos interesse em que você colaborasse.


a) Detectamos facilmente a existência de um erro.
Detectamos facilmente que existiu um erro.
b) O corretor garantia a valorização do terreno.
O corretor garantia que valorizava o terreno.
c) Preocupava-se com a fuga dos inimigos.
Preocupava-se que os os inimigos fugissem.

2. Classifique as orações substantivas abaixo em completiva nominal ou objetiva indireta.
a) Aqui ninguém duvida de que marmota existe. (Rachel de Queiroz)
Objetiva indireta
b) Estava convencido de que todos os habitantes da cidade eram ruins. (Graciliano Ramos)
completiva nominal
c) Fabiano tinha a certeza de que não se acabaria tão cedo. (G. Ramos)
completiva nominal
d) Essas ocorrências servem para prevenir a população de que nunca estamos seguros no grandes centros urbanos.objetiva indireta
e) O lazer não deve estar restrito á idéia de que se possa viajar à praia ou ao campo durante as férias. completiva nominal

3. Classifique as orações substantivas abaixo em subjetiva ou objetiva direta.

a) É verdade que parte da imprensa aumentou muito o noticiário acerca da delinqüência. (Folha de S. Paulo) subjetiva
b) Sabia eu que não tinha mais trança de moça no detrás daquelas paredes (...) (J. C. de Carvalho) objetiva direta
c) Constava também que Aurélia tinha um tutor. ( J. Alencar) subjetiva
d) Aqui, não: sabe-se que cada um traz a sua alma. (M. de Assis) subjetiva
e) Sinhá Inácia que lhe diga se não chorei muito... (M. de Assis) objetiva direta

4. Classifique as orações substantivas abaixo:

a) Tenho certeza de que aqui é o meu lugar. (Clarice Lispector) completiva nominal
b) Ela não entendeu se ele se referia à hora ou a toda a vida passada sem compreensão. (Drummond) objetiva direta
c) Pareceu-me que o mundo se tinha despovoado. (G. Ramos) subjetiva
d) Karl Marx acreditava em que a barbárie era a ausência de socialismo. (J. da Tarde) objetiva indireta
e) A oposição salvadorenha tem consciência disso, que há uma diferença “fundamental” entre a Guarda Nacional de Somoza e as Forças Armadas de El Salvador como instituição. (Folha de S. Paulo) apositiva
f) Pensei compreender por que os noivos se presenteiam. (C. Lispector) objetiva direta
g) Mas até hoje não sei quem matou a irmã Geórgia. ( F. Sabino) objetiva direta
h) Não tenho dúvida de quanto fui amado. completiva nominal
i) Pergunto-lhe quantas horas são. (Drummond) objetiva direta
j) Olha para todos os lados para descobrir de onde sai a voz. (L. F. Veríssimo) objetiva direta
k) O vizinho Pires de Melo mandou saber se eu queria barganhar a pele da onça. ( J. C. Carvalho) objetiva direta
l) A comadre viu que o vento se lhe ia tomando absolutamente contrário. (M. A de Almeida) objetiva direta
m) Dizia-se que os feiticeiros iam celebrar ali os seus sortilégios em noite de São João. (F. Távora) subjetiva
n) É evidente que ninguém pode condenar o governo por gastar dinheiro com saúde pública. ( J. Tarde) subjetiva
o) Afinal me convenci de que tudo aquilo eram tolices. (G. Ramos) objetiva indireta
p) É quase certo que Alexandre poderá ter o lugar de Lúcio no time. subjetiva
q) Vocês podem achar graça, mas não se esqueçam de que o cearense é um sujeito fino, prático. (M. Palmério) objetiva indireta
r) É pouco provável que a economia brasileira caminhe para recessão como a dos anos 80.subjetiva
s) Não há dúvida de que Lucas conseguiu um bom negócio. completiva nominal
t) Parecia que Luíza queria esfolar-se. subjetiva
u) A frase de White é o reconhecimento implícito de que uma revolução é de fato necessária em El Salvador. (Folha de S. Paulo) completiva nominal
v) Desde os primórdios, sabemos que o homem é mortal. objetiva direta
w) “Será necessário que vós vades para o deserto”. subjetiva
x) Vocês sabem se eles voltarão amanhã? objetiva direta
y) Desejo que vocês viajem bem e descansem bastante. objetiva direta
z) É necessário que tenhamos confiança no próximo. subjetiva

5- Classifique as orações destacadas:

a) O importante foi ajudar as vítimas do desabamento. PREDICATIVA- Reduzida de infinitivo

b)O médico falava o mesmo conselho: preparar a família do paciente.APOSITIVA Reduzida de infinitivo

c) É preciso receber mais verbas para a construção da igreja. SUBJETIVA Reduzida de infinitivo

d) Prometia acabar com a corrupção no partido.OBJETIVA DIRETA Reduzida de infinitivo

e) Duvidei de haver atos ilícitos na empresa. OBJETIVA INDIRETA Reduzida de infinitivo

f) Não tinha dúvida de haver atos ilícitos na empresa. COMPLETIVA NOMINAL Reduzida de infinitivo

g)Foi importante ajudar as vítimas do desabamento. SUBJETIVA Reduzida de infintivo

6- Observe as orações destacadas abaixo.

Responda:

a) Era necessário retirar os acidentados da via pública.
b) O necessário era retirar os acidentados da via pública.

Elas possuem a mesma classificação? Justifique sua resposta.

Elas não possuem a mesma classificação .A oração destacada no primeiro período classifica-se como subjetiva reduzida de infinitivo ,pois tem a função de sujeito. Na segundo período,a classificação da oração destacada é predicativa reduzida de infinitivo ,pois vem após um verbo de ligação ,funcionando como predicativo da oração principal.


Avisos importantes


AVISO 1

Atenção para os estudos.Já são algumas atividades valendo nota e é preciso se esforçar para tirar boas notas a partir de agora.O seminário de Vanguardas Europeias será na semana de 21 a 25/03/2011.

AVISO 2Justificar
As provinhas bimestrais acontecerão a partir da última semana de março.Serão subjetivas ,isto é, com perguntas e respostas,de acordo com o que foi estabelecido em sala de aula.Procurem estudar,tirar suas dúvidas nas aulas,responder aos exercícios aplicados do livro e atenção às correções feitas.
AVISO 3
Provão será objetivo e virá em forma de caderno de questões.Já está marcado para os dias 18,19 e 20/04/2011.

AVISO 4
Os critérios do ponto a ponto(avaliação formativa) continuam valendo para 2011,portanto façam uma leitura ,sempre que possível,das regras para essa avaliação.Na minha disciplina, 6(seis) faltas injustificadas já é motivo de perda de pontos no critério frequência.


Espero que façam tudo,de acordo com o regimento da escola.Assim não terão problemas futuros durante o ano letivo.O meu conselho é que estudem muito,deixem de lado as brincadeirinhas em sala,reservando-as apenas aos momentos de lazer.Qualquer dúvida, podem me procurar a fim de melhorar o desmpenho na disciplina.Boa sorte.

SEMINÁRIO DE VANGUARDAS EUROPEIAS


SEMINÁRIO : VANGUARDAS EUROPEIAS

Período: 21 a 25 de março de 2010
Local: Sala de Português- nº 6
Tempo de duração de cada grupo: 30 minutos
Valor: 1, 0

Grupo 1-Vanguardas europeias:
a) apresentação: conceito e origem do termo “vanguarda”;
b) contexto histórico-social;
c) local de surgimento;
d)características
e) propostas/objetivos das vanguardas;
f) justificativa para o surgimento das vanguardas.
Os itens abaixo deverão ser apresentados pelos grupos de 2 a 6,de acordo com a vanguarda sorteada
a) País
b) Ano
c) Objetivos
d)Características
e)Representante(s)
f) Entrega de um texto que exemplifique a vanguarda apresentada
Grupo 2- Futurismo
Grupo 3- Cubismo
Grupo 4- Surrealismo
Grupo 5- Impressionismo-Expressionismo
Grupo 6- Dadaísmo


Orientações para apresentação oral do seminário

Inicialmente, o grupo apresentará o esquema de trabalho para a turma e professora;
Cada grupo apresentará, oralmente, os itens relacionados à vanguarda em seminário, no dia sorteado para apresentação;
Não haverá entrega de trabalho escrito;
No fim do trabalho, um aluno ou alunos entregarão aos colegas e professora um texto representativo da vanguarda apresentada;
Análise do texto- identificar aspectos no texto: assunto e levantamento das características da vanguarda analisada;

Observações importantes
Todos os alunos do grupo deverão apresentar suas ideias sobre o tema proposto;
A nota é individual, por isso serão observados o desempenho e segurança na apresentação do trabalho;
Evite consultar material (livros, pedaços de papel,apostilas ,etc)durante a apresentação;
A frequência do aluno é obrigatória sob pena de perder os pontos obtidos mesmo já tendo apresentado;
AVALIAÇÃO DO TRABALHO

O grupo será avaliado dentro dos seguintes aspectos abaixo relacionados.
0,5-Conteúdo
-coerência entre o tema sorteado e tema apresentado no trabalho;
-segurança dos participantes na apresentação;
0,2-Organização
-início, desenvolvimento e término do trabalho segundo as orientações;
-integração entre os componentes;
-integração: grupo x turma e componentes x componentes;
-proibição de brincadeiras e conversas durante a apresentação;
0,1-Recursos materiais
Cartazes, folhetos, apostilas, exercícios, textos, etc.
0,2-Linguagem
Uso da linguagem formal, descartando gírias e vícios da linguagem coloquial.
Observação:
Se houver diferença no modo de apresentação de cada componente, a nota também será diferenciada.