quinta-feira, 30 de agosto de 2018

Prática com os aspectos linguísticos e reescritura de orações

Agora, faremos questões para verificar o seu nível em relação a  aspectos linguísticos muito cobrados em concursos.
Lembre-se de que a atenção é sua  principal aliada, ao  avaliar alternativas ou julgar os itens de uma prova.
Boa sorte!
Leia o fragmento de texto e julgue os itens  abaixo:


Poesia do Tempo

1  O equívoco entre poesia e povo já é demasiadamente sabido para que valha a pena insistir nele. Denunciemos antes o equívoco entre poesia e poetas. A poesia não se “dá”, é hermética ou inumana, queixam-se por aí. Ora, eu creio que os poetas poderiam demonstrar o contrário ao público. De que maneira? Abandonando a ideia de que poesia é evasão. E aceitando alegremente a ideia de que poesia é participação. Não basta dizer que já não há torres de marfim; a torre desmoronou-se pelo ridículo, porém muitos poetas continuam vendo na poesia um instrumento de fuga da realidade ou de correção do que essa realidade ofereça de monstruoso e de errado. Desenvolve-se então entre eles a linguagem cifrada, que nenhum leigo entende, e que suscita o equívoco já célebre entre poesia e povo.(Carlos Drummond de Andrade)
(...)(Extraído do Concurso da Aeronáutica-Exame de Admissão -Sargento da Aeronáutica)



01  O termo "nele" (l.02) completa diretamente o sentido da forma verbal "insistir"(l.01).
02 Os vocábulos "já"(l.01), "não"(l.02) e "há"(l.05) são acentuados graficamente de acordo com a mesma regra de acentuação gráfica.
03  O vocábulo "para" (l.01) introduz uma oração de caráter temporal.
04  As orações  "que nenhum leigo entende"(l.08-09) e "que suscita o equívoco já célebre entre poesia e povo."(l.09)  possuem idêntica classificação e são subordinadas  a uma mesma oração principal .
05 A reescritura da oração "Não basta dizer que já não torres de marfim..."(l.05-06) obedeceria à correção gramatical , caso  a forma verbal destacada fosse substituída  pela forma verbal "existir"  no singular.
06 O vocábulo "porém"(l.06) introduz uma oração subordinada com valor adverbial,sendo substituído, com correção, pelo vocábulo "embora".
07 A oração "de que poesia é evasão" (l.04) ,por ser introduzida por uma preposição, tem o valor semântico de um objeto indireto.
08 A expressão "é hermética"( l.02) é formada de verbo de ligação e adjetivo com função de predicativo do sujeito.
09 A expressão "entre poesia e povo"(l.01)  é introduzida por uma conjunção e completa o sentido do vocábulo"equívoco"(l.01), sendo classificada como complemento nominal.
10 Os vocábulos "demasiadamente" (l.01) , "ao público"(l.03) e "alegremente"(l.04)são classificados como advérbios de modo.
11  A forma verbal "Denunciemos" (l.02) está no modo  imperativo, na 1ª pessoa do plural.  
12  Está na voz passiva sintética a oração "Desenvolve-se então entre eles a linguagem cifrada..."(l.08)  cujo sujeito é indeterminado e o vocábulo "se" classifica-se como partícula apassivadora.
13 O vocábulo "se"  em "queixam-se por aí."(l.03) é a partícula integrante do verbo  que é  classificado como pronominal.

Período composto por subordinação

Como o período composto por subordinação é bem maior, resolvi colocá-lo em uma só postagem.
Constituído por três espécies de orações (adjetivas, adverbiais e substantivas, o período composto por subordinação é bem amplo.Os alunos tendem a confundir a classificação dessas orações, por isso eu organizei a tabela para se ter um ideia do todo de maneira mais simples.
Bons estudos!
 Quem tiver dúvida, pode enviar uma mensagem.

Período  Composto por Subordinação-
Orações subordinadas –introduzidas pelas conjunções subordinativas ( adverbiais e substantivas)e pronomes relativos(adjetivas)
         ADJETIVAS (2) -
         ADVERBIAIS (9)
SUBSTANTIVAS (6)
Explicativas- Rio Doce, que é um rio sujo, está poluído.
Causais- Como o dia estava ensolarado, viajou.
Subjetivas-  É melhor que estude todo o conteúdo.
Restritivas- O  rio que estava secando parecia sujo.
Consecutivas- O dia estava tão quente que suava .
Objetivas diretas-Não sei  se vou sair amanhã cedo.

Conformativas- Como foi avisado, choveu ontem.
Objetivas indiretas- Eu gostaria de que estudasse mais.

Comparativas- Trabalhava como um escravo.
Completivas nominais- Eu tinha interesse de que estudasse mais.

Condicionais- Sairá desde que termine o serviço.
Predicativas- O melhor é que estude todo o conteúdo.

Concessivas- Embora estivesse cansada, dormiu tarde.
Apositivas- Só sei de uma coisa: que preciso estudar.

Finais- Fazia tudo , para que sorrisse de novo.


Proporcionais- À medida que crescia, ficava mais alta.


Temporais- Quando abri a porta, tudo estava revirado.


Classes gramaticais, termos da oração , período simples e período composto por coordenação


Preparei aqui umas tabelas que resumem os assuntos com os quais os alunos se debatem o tempo todo.Bons estudos!
Classes gramaticais- MORFOLOGIA
(6) variáveis
(4) invariáveis
Substantivo
Advérbio
Adjetivo
Conjunção
Artigo
Interjeição
Pronome
Preposição
Numeral

Verbo


Termos da oração- SINTAXE
Período simples- uma oração apenas
Essenciais
Integrantes
      Acessórios
Sujeito
Objeto direto
Aposto
Predicado
Objeto indireto
Vocativo

Complemento nominal
Adjunto adnominal

Predicativo do sujeito
Adjunto adverbial

Predicativo do objeto


Agente da passiva

Período composto- mais de uma oração
-
Período Composto por Coordenação= Orações coordenadas
Assindéticas-aquelas que não possuem conjunção
Sindéticas- aquelas introduzidas pelas conjunções coordenativas
VALOR SEMÂNTICO
EXEMPLOS
a)      Aditivas
–ADIÇÃO
Eu achei um cãozinho perdido e procurei seus donos.
b)      Adversativas
- OPOSIÇÃO, CONTRASTE
Nós trabalhamos muito, porém não ficamos cansados.
c)       Alternativas
- ALTERNÂNCIA
Estude ou não passará na prova.
d)      Conclusivas
- CONCLUSÃO
Estudei muito, passei, pois  no concurso.
e)      Explicativas
-EXPLICAÇÃO
Estude ,pois poderá passar no concurso.

quarta-feira, 29 de agosto de 2018

Nova roupagem

Olá, pessoal

Depois de certo período, após minha última postagem, em 2014, resolvi dar continuidade  ao trabalho do Blog.Antes possuía o nome de "Cidadania no CEM 01 de Sobradinho".Agora ,com outro nome,"Universo da Palavra"começo as postagens nesse "universo da palavra" envolvendo os diversos fatos da nossa Língua Portuguesa, nossa língua materna.

Há muitas pessoas que necessitam de consultoria em Língua Portuguesa , Redação e Literatura.Por isso estou aqui para  tirar sua dúvida, para expor suas reflexões  e seus anseios na aprendizagem e aprofundamento da Língua Portuguesa.


Nesse sentido , se precisar de assistência linguística,  estarei nesse espaço, a fim de aprimorar suas reflexões em torno da Língua Portuguesa.

Grata pela atenção.