sábado, 2 de junho de 2012

Poema:DESCANSO DA GUERREIRA

Texto escrito pela perda,nesta manhã, de nossa amiga,colega e ex diretora Milbene da Cunha Paes

Uma das últimas imagens captadas no facebook de Milbene
DESCANSO DA GUERREIRA

Eu me  recuso a acreditar que você nos deixou.

Eu me  recuso a acreditar que não mais verei seu sorriso.

Eu me  recuso a acreditar que não mais ouvirei suas gargalhadas.

Eu me  recuso a acreditar que não mais a verei de mãos dadas com seu fiel amor.

Eu me  recuso a acreditar que não mais verei gestos de carinho ao lado de seu eterno par.

Eu me  recuso a acreditar que não mais ouvirei seus casos ou lerei seus textos.

Eu me  recuso a acreditar que não mais lerei suas histórias divertidas ou suas palavras de otimismo e de fé.

Eu me  recuso a acreditar que não mais testemunharei o seu modo de viver.

Eu me  recuso a acreditar que não vou mais vivenciar o seu jeito de amar a vida.

Eu me  recuso a acreditar que não mais participarei de  sua forma destemida de  resistir aos obstáculos.

Mas me  alegro por ter chegado ao do nosso Pai Celestial e com Ele habitar para todo o sempre.

Eu me alegro por seguir em frente, seguindo seu exemplo de otimismo, firmeza e coragem diante da vida.

Adeus, amiga!

Descanse em paz, guerreira!

Nenhum comentário: